Filie-se ao pt

Notícias

AUDIÊNCIA PÚBLICA EM BH MOSTRA REPÚDIO À PRIVATIZAÇÃO DA ELETROBRAS

A audiência foi coordenada pelo deputado federal Patrus Ananias (PT), vice-presidente da Comissão Especial da Câmara que examina o projeto de desestatização da Eletrobras e de suas subsidiárias, incluída Furnas.

Repúdio unânime. Sete deputados federais e estaduais do PT, do PSB, do MDB e do PCdoB; seis dirigentes de movimentos sociais e entidades sindicais; um ex-ministro e ainda o presidente do Conselho Regional de Economia de Minas Gerais repudiaram ontem, em audiência pública realizada na Assembleia Legislativa, as propostas com que o governo federal pretende privatizar o setor elétrico para atender interesses do capital internacional.

 

A audiência foi coordenada pelo deputado federal Patrus Ananias (PT), vice-presidente da Comissão Especial da Câmara que examina o projeto de desestatização da Eletrobras e de suas subsidiárias, incluída Furnas.

 

Assim como Patrus, condenaram a venda e a desnacionalização do setor elétrico todos os 14 oradores do encontro: os deputados federais Leonardo Quintão (MDB), Júlio Delgado (PSB) e a deputada federal Jô Moraes (PCdoB); os deputados estaduais André Quintão e Rogério Correia (PT) e Emidinho Madeira (PSB); o presidente do Sindicato dos Eletricitários de Furnas, Miguel Angelo de Melo; o coordenador-geral do Sindieletro de Minas Gerais, Jefferson Teixeira da Silva; o coordenador da Federação Nacional dos Urbanitários, Gilmar de Souza Pinto; o diretor da Associação dos Empregados de Furnas, Victor Costa; o secretário-geral da CUT/MG, Jairo Rodrigues Filho; o dirigente nacional do Movimento dos Atingidos por Barragens, Pablo Andrade Dias; o presidente do Conselho Regional de Economia, Paulo Bretas, e o ex-ministro de Minas e Energia Nelson Hubner.

 

De acordo com a avaliação comum entre os participantes da audiência, a entrega do setor elétrico ao capital privado implicará também na privatização das águas, prejudicará o povo brasileiro e comprometerá gravemente a soberania do país.